Metodologia Qualitativa de Investigação Científica - Portal Prothos

Metodologia Qualitativa
de Investigação Científica

A análise de dados qualitativos tem vindo a reafirmar-se nos últimos anos, havendo um crescente interesse em áreas não confinadas unicamente às ciências sociais e humanas.

Pelo menos dois motivos deverão contribuir para tal: o constante gerar de novos dados, de novas fontes de dados, ou o respetivo acesso aos mesmos, assim como as novas possibilidades que são oferecidas pela microcomputação. Nesse sentido, não obstante a importância dos elementos textuais, a análise de dados qualitativos recorre cada vez mais a um conjunto diversificado de formatos.

  • Data de Início: 15/04/2019
  • Carga horária: 54 horas
  • Modalidade: EaD com Certificação Internacional emitida por Coimbra
  • Pré-requisitos: Ensino Superior cursando ou completo

Valor do Curso: 6x de R$ 797,83

(investimento: R$4.787,00)
COMPRAR
Apresentação

A análise de dados qualitativos tem vindo a reafirmar-se nos últimos anos, havendo um crescente interesse em áreas não confinadas unicamente às ciências sociais e humanas.

Pelo menos dois motivos deverão contribuir para tal: o constante gerar de novos dados, de novas fontes de dados, ou o respetivo acesso aos mesmos, assim como as novas possibilidades que são oferecidas pela microcomputação.

Nesse sentido, não obstante a importância dos elementos textuais, a análise de dados qualitativos recorre cada vez mais a um conjunto diversificado de formatos. Metodologicamente, estas alterações levantam vários desafios, desde logo porque implicam um reinventar ou ajustamento das técnicas de análise de dados que sirvam outros formatos.

Depois, porque os preceitos metodológicos tradicionais continuam a necessitar de ser respondidos. Referem-se fatores como a objetividade, a neutralidade, transparência, exaustividade, entre vários outros.

O curso destina-se preferencialmente a estudantes de graduação ou pós-graduação que pretendam obter conhecimentos em termos de metodologia e de prática de investigação científica na análise de dados qualitativos assistida por computador.

Docentes, investigadores, quadros superiores de empresa e especialistas de diferentes áreas (e.g. marketing, pesquisa de mercado, recursos humanos, sondagens de opinião entre outros), que utilizem ou pretendam vir a utilizar uma aplicação informática para a análise de dados qualitativos ou métodos mistos de investigação também poderão encontrar neste curso informação útil para as suas atividades.

O objetivo principal deste curso será o de dar a conhecer aos formandos as abordagens qualitativas de tratamento de dados, centrando a atenção na análise de textos, mas facultando ferramentas para a análise de outros suportes.

Pretende-se familiarizar os formandos com processos dedutivos e indutivos de classificação e de tratamento de dados qualitativos, ensaiar procedimentos analíticos que conduzem à quantificação de dados qualitativos, distinguindo-os dos procedimentos que visam um tratamento estritamente qualitativo.

Serão operacionalizadas várias das tarefas envolvidas nas atividades de investigação qualitativa através do recurso a uma aplicação informática, incluindo a própria gestão da informação. Depois de completar este curso, o formando estará preparado para desenhar um projeto de investigação que recorra a análise de dados qualitativos.

 

Competências a desenvolver pelos formandos:

  • Compreensão dos aspetos metodológicos e conceptuais associados à análise de dados qualitativos;
  • Obtenção de informação sobre os aspetos específicos que se associam à análise de dados qualitativos;
  • Descrição dos passos envolvidos no desenho de um projeto de investigação de dados qualitativos;
  • Desenvolvimento de competências na recolha, organização e gestão de dados qualitativos;
  • Análises exploratórias de dados;
  • Elaboração de categorias e sistemas de codificação;
  • Organização e classificação de dados não estruturados;
  • Avaliação da consistência e fidelidade dos processos de codificação;
  • Operacionalização das possibilidades existentes em termos da categorização de dados qualitativos;
  • Elaboração e aplicação de modelos de relacionação de categorias e operacionalização de hipóteses;
  • Familiaridade com ferramentas para construção de teoria na análise de dados qualitativos e na apresentação de resultados de investigação;
  • Manipulação de uma aplicação específica que permite aplicar estas mesmas competências.
Metodologia:

O curso Metodologia Qualitativa de Investigação Científica tem uma carga horária de 54 horas realizadas totalmente à distância.

Estruturado em cinco módulos sequenciais, este curso contempla, por um lado, uma abordagem teórico-conceptual de enquadramento, e, por outro, a prática da análise qualitativa assistida por computador, havendo espaço para a operacionalização de conhecimentos através de recurso à aplicação de análise de dados MAXQDA.

Como a análise de dados qualitativos assenta num processo de construção de teoria, e dado que existe uma miríade de elementos que podem ser alvo de análise, será dada especial procedência à metodologia de investigação em torno de elementos textuais (i.e. entrevistas, grupos de discussão, recolhas de imprensa, textos de outras fontes, relatórios, entre outros).

Em cada módulo serão propostas diversas atividades de aplicação dos conhecimentos (individuais e colaborativas). No último módulo, haverá lugar para o desenvolvimento de um projeto individual de análise de dados qualitativos. Tal permitirá a cada formando implementar tarefas de acordo com os seus interesses específicos sob supervisão da equipa docente.

A comunicação será, maioritariamente, assíncrona, podendo o formando aceder e participar no curso em qualquer horário (dentro das balizas temporais definidas no cronograma), a partir de qualquer local em que tenha acesso à Internet.

Serão propostos momentos síncronos (recomendáveis, mas de natureza facultativa) para esclarecimento de dúvidas e interação da comunidade de aprendizagem.

Nota: a todos os formandos será facultada uma licença para acesso à aplicação MAXQDA sem limitações e para lá do período experimental predefinido para todos os utilizadores.A duração da licença abarcará, assim, todo o período do curso e respetivas atividades.

Dessa forma, garante-se uma utilização da aplicação durante um intervalo de tempo relativamente extenso, ajustável às necessidades individuais de investigação ou de trabalho.

Conteúdo Programático

Este curso estrutura-se em cinco módulos:

 

Módulo 1. Introdução à Análise de Dados Qualitativos

Módulo 2. Momentos da Análise Qualitativa de Dados

Módulo 3. O Modelo da Análise de Conteúdo ou Análise Categorial

Módulo 4. O modelo da Teoria Ancorada

Módulo 5. Análise de Dados Qualitativos Assistida por Computador

 

Neste curso, a avaliação é contínua e somativa, concretizada a partir da realização de exercícios de aplicação e consolidação, cujo peso na classificação final varia em função do volume de trabalho requerido para cada atividade individualmente.

Para efeitos de aproveitamento do curso e respetiva certificação, o formando deverá realizar 85% do total das atividades propostas. Da lista de atividades propostas, duas são de realização obrigatória.

O aproveitamento fica sujeito à obtenção de um mínimo de 10 valores (escala de 1 a 20 valores).

O aluno que conclua o curso com sucesso (mínimo de 10 valores de classificação final) poderá requerer um diploma emitido pela Universidade de Coimbra, sujeito às taxas e emolumentos previstos.

Mais informações em http://www.uc.pt/academicos/propinas/emolumento.

Especialistas

Maria Paula Abreu Pereira Silva

Coordenador

Paula Abreu é doutorada em Sociologia pela Universidade de Coimbra.

É professora da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, onde atualmente coordena o primeiro ciclo de sociologia e leciona nos três ciclos de ensino da sociologia, incluindo cadeiras relativas aos métodos e técnicas de investigação quantitativa e qualitativa.

É Investigadora do Centro de Estudos Sociais, integrando o Núcleo Cidades, Culturas e Arquitectura (CCA).

Os seus interesses de investigação focam-se nos domínios da produção e do consumo culturais, das políticas culturais, das culturas urbanas, do turismo, do património imaterial e das culturas populares.

 

Francisco Pedrosa Simões e Silva Freitas

Francisco Freitas é um sociólogo que estudou riscos naturais e tecnológicos e Sistemas de Informação Geográfica (SIG) nas Universidades de Coimbra e Aveiro.

Frequentou, também, programas de intercâmbio nas Universidades de Nijmegen e Utrecht, nos Países Baixos. Em articulação com as suas atividades de investigação, colabora desde há vários anos com a Verbi GmbH no desenvolvimento da versão portuguesa da conceituada aplicação alemã MAXQDA.

É investigador júnior no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Tem participado num amplo conjunto de projetos de investigação, possuindo uma larga experiência em tarefas de recolha, análise e tratamento de dados, incluindo as atividades de georreferenciarão, de mapeamento e de análise espacial de dados.

Trabalha regularmente como instrutor de aplicações e docente de métodos e técnicas em Portugal e no estrangeiro. Atualmente, os seus interesses de investigação versam sobretudo os grandes dados e as metodologias digitais.

Pré-requisitos

Condições Gerais

Para frequentar este curso deverá:
- Ser maior de 18 anos;
- Reunir as condições técnicas necessárias para a frequência online do curso, nomeadamente um computador com acesso à internet;

- Satisfazer os pré-requisitos do curso (ver abaixo).

O aluno que conclua o curso com aproveitamento poderá requerer um diploma emitido pela Universidade de Coimbra, sujeito às taxas e emolumentos previstos. Mais informações em www.uc.pt/academicos/propinas/emolumento.

Para candidatura

Ter mais de 18 anos de idade;

Ser enquadrado nos seguintes critérios:

- Estudantes finalistas de licenciatura ou pós-graduação de diferentes áreas científicas.
- Conhecimentos de Inglês ao nível B1 na competência de compreensão escrita (para leitura de bibliografia). Cf. Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas: http://europass.cedefop.europa.eu/pt/resources/european-language-levels-cefr.

Será dada preferência a candidatos a preparar teses ou dissertações que envolvam projetos de investigação. A frequência do programa deve ser comprovada através de declaração da respetiva instituição.

Condição preferencial a frequência anterior comprovada de unidade(s) curricular(es) ligadas à metodologia de investigação científica.

Para participação no curso

  • utilização preferencial do Browser Mozilla Firefox e Google Chrome, já que a plataforma que irá servir de suporte à aprendizagem (Moodle) possui uma compatibilidade superior para estes browsers;
  • instalação dos programas Quick Time (http://www.apple.com/quicktime/download/), Flash Player (http://get.adobe.com/flashplayer/) e VLC media player ( http://www.videolan.org/vlc/) que possibilitarão a visualização de alguns conteúdos multimédia do curso;
  • software para aceder a documentos em formato de texto (por exemplo: MicrosoftOffice, Pages). Caso não possua um destes softwares poderá instalar o sofware gratuito Apache OpenOffice (existente para os vários sistemas operativos e disponível em http://www.openoffice.org/);

para frequência no curso será fornecida ao formando uma licença temporária para instalação do MAXQDA (link disponibilizado oportunamente).

`